A A A

7 dicas para a bateria de sua moto durar mais

Publicado em:  

O Consórcio para Motos reuniu algumas dicas para quem quer aumentar a vida útil da bateria de motocicletas. A manutenção delas não requer muito trabalho, mas é preciso ficar atento a alguns detalhes.

Antes de mais nada é importante sabe que, segundo especialistas, as baterias de moto, seladas ou livres de manutenção, têm duração média de três anos. Já as bateriais convencionais, principalmente destinadas às motos mais antigas, a durabilidade é mais baixa, sendo em média de 1 ano e meio.

Vamos então às dicas!

1 - Atenção com a instalação de equipamentos, como alarmes e rastreadores, pois podem causar fuga de corrente e a bateria pode ficar sem força suficiente para fazer a moto ligar. Escolha um lugar de confiança para fazer este tipo de serviço.

2 - Não deixe a moto parada. Rodar ao menos 5 km por dia pode aumentar a vida útil de uma bateria para até quatro anos. Se você só usa a moto no fnal de semana, saiba que o desuso e a rodagem por períodos curtos contribuem muito para o descarregamento da bateria. Isso acontece principalmente naquelas que possuiem equipamentos que consomem mais energia (como os alarmes e rastreadores).

3 - Uma madeira ou borracha no pezinho da moto pode ajudar na duração de sua bateria. O apoio de metal, que fica em contato com o chão enquanto ela está parada, possibilita a formação de uma corrente, como um fio terra, e faz com que a energia da bateria seja dissipada. Com a madeira ou borracha a corrente é isolada.

4 - Vai deixar a moto parada por muito tempo? Uma opção é desconectar os cabos da bateria, pois assim impedirá que a energia seja perdida. Mas atenção! A ordem para desconectar os cabos é muito importante. Primeiro desconecte o negativo, depois o positivo (protegido por uma capa de borracha), assim você impede que haja um curto que danifique os acessórios elétricos de sua moto. Na hora de religar, use a orgem inversa. Primeiro o positivo e depois o negativo.

5 - Verifique periodicamente como está a bateria, principalmente no inverno e em períodos chuvosos. A baixa temperatura faz com que a bateria precise de mais força para girar o motor, pois o óleo fica mais grosso. Além disso, a umidade pode provocar curto circuito. Busque uma oficina especializada para fazer a avaliação.

6 - Mesmo alguns dos novos modelos de moto são fabricados com baterias convencionais e elas exigem maior cuidado. Se a sua bateria for do tipo convencional, lembre-se que ela precisará ser completada com água destilada para funcionar.

7- Tento ligar a moto e ela não funcionou? Chame um mecânico ou faça a chamada ‘chupeta’, utilizando os cabos específicos para este tipo de procedimento ligando-os à outra moto que esteja funcionando. Não dê ‘tranco’ na moto para ela funcionar. Isso pode danificá-la, especialmente se tiver injeção eletrônica.

Fonte:   /   Assessoria de Imprensa / Auto Esporte

Atenção! O conteúdo publicado nesta página tem como objetivo prestar informações diversas sobre o mercado de motos, financeiro e, também, mais especificamente sobre o segmento de consórcio para motos, bem como opções de planos e parcelas para aquisição de cota de consórcio.
* Os valores informados estão sujeitos a alterações sem prévio aviso, uma vez que a tabela de preços dos fabricantes pode sofrer alterações a qualquer momento.
** Este SITE não representa oficialmente nenhuma montadora, consórcio de fábrica ou marca de motocicletas específica. Para mais informações, acesse o nosso TERMO DE USO e POLÍTICA DE PRIVACIDADE.

Leia mais sobre: Dicas

*Comentário sujeito a aprovação

Solicite uma Ligação

Ligamos para você

Receba em instantes uma ligação
e esclareça todas as suas dúvidas

Agende uma Visita

Solicite uma Visita

Sem compromisso vamos até você e
explicaremos as vantagens do Consórcio.

Atendimento Online

Atendimento Online do Consórcio de Motos

Das 8h00 às 18h00 - 2ª a 5ª Feira
Das 8h00 às 17h00 - 6ª Feira
Horário de Brasília

Vantagens do Consórcio

Vantagens do Consórcio

Confira as vantagens de programar
a compra do seu moto
através do Consórcio.

Acompanhe nas redes sociais