A A A

Que categoria de moto você está buscando?

Conheça as categorias de motos para escolher qual tem o seu estilo e comprar a sua!

Bobber

São motos das décadas de 20 e 30 caracterizadas por serem rústicas e possuírem o centro de gravidade bem baixo. A marca de moto Bobber mais famosa é a Baby.

Custom

Design que copia modelos antigos, as motos custom são ideais para viagens e são preferidas pelo público mais tradicional. É mais voltada para o conforto que para a velocidade e para isso a altura do banco é mais baixa e as pedaleiras têm posição mais avançada. São exemplos a Honda Shadow, a Suzuki Intruder, a Harley-Davidson Sportster e a Yamaha Virago.

Chopper

Categoria que deriva da custom. O visual destas motos é despojado e agressivo e a categoria possui excessos de cromados. O tanque de combustível é alto na frente e tem forma de gota e o guidão deste tipo de moto é alto. O garfo dianteiro é grande, assim como o comprimento e a distância entre eixos. Não costumam ter banco de garupa, e em geral são motos exclusivas, criadas ou alteradas pelo dono ou por uma oficina especializada.

Esportiva

Modelos modernos e com alto desempenho se enquadram nesta categoria. Em geral os motores possuem mais de 600 cc e os modelos têm posição de pilotagem que deixa o motociclista quase deitado sobre o tanque, o que pode ocasionar desconforto em trechos longos. São motos indicadas para andar sozinho e muitas vezes não possuem garupa. Os pneus são largos, os discos de freio são duplos e os quadros são fabricados com materiais leves e resistentes. São motos esportivas a Kawasaki Ninka ZK, a Honda CBR1000, a Yamaha YZF-R1 e a Suzuki GSX-R 1000, por exemplo.

Fun Bike

É uma categoria formada por motos de uso misto, geralmente equipadas com motores de média para alta cilindrada. Mais usadas em trechos urbanos, são exemplos a Honda Falcon e a Yamaha TDM.

Gran-turismo

Categoria destina ao público que gosta de viajar na estrada. Este tipo de moto possui diversos itens de luxo, tanque com grande capacidade de combustível, alforges laterais e/ou malas, para-brisas, e às vezes até mesmo marcha à ré e sistema de som. Alguns exemplos são a Harley-Davidson Electra Glide Ultra Classic e a Honda GL 1000 GoldWing.

Hyper Sport

Motocicletas com grandes cilindradas (entre 1.100 cc e 1.400 cc). São maiores e mais pesadas. Estas motos possuem forte aceleração e sua velocidade chega a beirar 300 km/h. A posição de pilotagem é mais ergonômica. São exemplos a Suzuki Hayabusa, a Kawasaki Ninja ZX-14 e a Honda CBR1100XX.

Maxi-trail

Categoria formada por motos adequadas para rodar em estradas pavimentadas e estradas de chão batido. São exemplos da categoria a Yamaha Ténéré XT 1200Z, a Ducati Multistrada, a Buell Ulysses, entre outras.

Naked

Modelos de moto que privilegiam o bom desempenho e que fornecem uma posição de pilotagem confortável. São ideais para vias urbanas e não possuem carenagem. As motos naked têm pneus esportivos, o que garante estabilidade na estrada e na cidade. São exemplos a Triumph 1050, a Honda CB600F Hornet, a Yamaha FZ6 e a Kasinski Comet 650R.

Scooters

São modelos nos quais o piloto fica sentado e seus pés ficam apoiados no piso e que lembram as lambretas. Essas motos têm câmbio CVT e muitas vezes possuem motores pequenos. Várias marcas possuem motos scooter. Alguns modelos são a Dafra Laser, a Sundown Future e a Kasinski Prima.

Side Car

Modelo raro no Brasil. São motos que incluem um acoplamento lateral que permite o transporte de um passageiro extra. Foi um modelo de motocicleta bastante utilizado durante a Segunda Guerra Mundial pelo exército alemão.

Street

Categoria composta por motos planejadas para o trânsito das cidades. Não possuem muitos acessórios, não proporcionam velocidades elevadas e permitem levar um garupa. Em geral, seus motores variam entre 150 e 250 cilindradas. As motos Honda CBX 250 Twister, a Kasinski Comet 250 e a Yamaha YS 250 Fazer são exemplos desta categoria.

Supermotard

Motos que até 1990 eram projetadas pelos próprios donos, mas que devido ao sucesso alcançado despertaram interesse de montadoras. Possuem o estilo trail e são equipadas com rodas de 17 polegadas e pneus esportivos. São ideais para trechos de asfalto, assim como de terra. Fazem parte da categoria a Sundown STX 200 e a Yamaha XTZ 250 X.

Superesportivas

Categoria composta por motos muitas vezes com mais de 1.000cc, que têm carenagem e que são diretamente derivadas de modelos de competição. São exemplos a Suzuki GSX 1300 Hayabusa, a Kawasaki ZX-14 e a Yamaha YZF -R1.

Trail

A posição de pilotar e a suspensão são os pontos fortes destas motos. São motos de baixa cilindrada leves, com pneus com travas e suspensão de curso alongado. Podem ser usadas na terra ou no asfalto. São exemplos deste tipo de moto a Honda NXR 150, a Yamaha XTZ 125, Kasinski CRZ 150, Traxx JH125 e a Honda NXR125.

Touring

Motos destinadas a viagens longas em estradas asfaltadas que possuem tanque de combustível maior, malas e laterais. São exemplos a Harley Davidson FLSTC, a Honda Goldwing GL 1800 e a Kawasaki Police 1000.

City

Categoria composta por motos leves, econômicas, estreitas e de fácil manobrabilidade. São recomendadas para pilotos iniciantes. Pertencem a esta categoria a Honda CG 150, Yamaha YBR 125, Yamaha Fazer 250, a Dafra Riva 150 e a Suzuki Intruder 125.

Solicite uma Ligação

Ligamos para você

Receba em instantes uma ligação
e esclareça todas as suas dúvidas

Agende uma Visita

Solicite uma Visita

Sem compromisso vamos até você e
explicaremos as vantagens do Consórcio.

Atendimento Online

Atendimento Online do Consórcio de Motos

Das 8h00 às 18h00 - 2ª a 5ª Feira
Das 8h00 às 17h00 - 6ª Feira
Horário de Brasília

Vantagens do Consórcio

Vantagens do Consórcio

Confira as vantagens de programar
a compra do seu moto
através do Consórcio.

Acompanhe nas redes sociais